ZN-FILOSÓFICA

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Internet, o sonho não revelado de Aquiles.

Por: Claudio Fernando Ramos Cacau ":¬)    Natal-RN, outubro 2011


Informação é poder.


Não ser esquecido! Sobre essa proposição assentava-se toda a notória “coragem” de Aquiles. Para o herói grego, a importância da vida não residia, a exemplo do que pensa o homem moderno, na busca dos prazeres (o hedonismo de Epicuro). "A vida só vale a pena ser vivida quando não é  esquecida; mas para ser lembrado faz-se necessário ser ousado". Conclama, cheio de audácia, o herói grego através dos tempos. 

Aquiles, herói grego na luta contra os troianos.
Hoje, sem Homero (autor de Ilíada e Odisseia), não possuímos epopeias sobre magníficos heróis. Quanto às batalhas contemporâneas, não há o menor resquício dos virtuosos e honrados: Heitor (filho de Primos, irmão de Páris, herói dos troianos) e Odisseu (também conhecido como Ulisses, rei de Ítaca, marido de Penélope). O mesmo já não pode ser dito sobre os muitos “sofistas”, semelhantes a Páris (sedutor e “raptor” de Helena) e inconsequentes como Menelau (rei de Esparta, marido de Helena), que como praga não cessam de proliferar. Mas, esses são insignificantes ante o nosso colossal e  real adversário: o Tempo (Cronos). Voraz e inexorável por natureza. Sabedor da onipotência de Cronos, fica fácil concluir que jamais teremos uma justa batalha, e, como sabemos, não vale a pena lutar batalhas que não podem ser vencidas. Todavia, mesmo sem uma justa batalha, ao contrário do que Aquiles temia, não corremos o risco de sermos esquecidos. Modernas tecnologias nos garantem, com pouco ou sem esforço algum, uma longeva notoriedade. Vencidos, todos seremos (sem exceções), diante de nosso mais implacável algoz (o tempo); no entanto, não precisamos mais temer o obscurantismo nem a vergonha da “derrota”. No cyber universo, não é necessário ser o que se pode, mas, inusitadamente, se pode ser o que se quer. Nossa realidade virtual é, portanto, o sonho não revelado de Aquiles.
Agradeço a net por ter "lembrado", isso vem sendo feito há vários anos, nos sites de relacionamentos (ORKUT, FACE BOOK, e etc.), e a vocês (amigos virtuais) por terem escrito algo!

Hoje, quase um ano depois, reeditando esse texto, lembro-me que ele foi escrito por ocasião de meu aniversário (26/10/2011), na medida em que quase mil pessoas me felicitaram pela data, principalmente pessoas que nunca me viram pessoalmente, então resolvi brincar e brindar o fato. Fato esse que me torna, semelhantemente a milhares de outros internautas, verdadeiro Aquiles da contemporaneidade.   Cacau ":¬)