ZN-FILOSÓFICA

sábado, 28 de janeiro de 2012

MUITOS RIEM DO QUÊ?


Se a beleza desperta a imaginação e o não-belo causa repulsa... Façamos uma analogia com a sabedoria (expectativa) e a ignorância (realidade). Pois é dessa "realidade", muito mais do que a da foto, que as escolas brasileiras estão cheias. Meninas se maquiando durante as aulas, barrigas à mostra o tempo todo, uniformes (ou fardas, como queiram) extremamente apertados para que a estética esteja salientada e, na maior parte do tempo, pensando no “ficante” (namorado, no sentido mais lato do termo, não é para todas)... Quanto aos rapazes, o comum é a exposição dos bíceps sarados, gel no cabelo, tatuagem no corpo e, como se não bastasse, falando de baladas, futebol (ou melhor, repetindo o que ouviram na mídia), mulheres e gangs...  Quantos aos alunos que são aprovados por média, existem, mas são cada vez mais raros. Ainda tem gente rindo do quê? Eu afirmo! A maioria dos que sentem-se seguros para rirem na net, não podem fazer o mesmo fora do mundo virtual. É como eu sempre digo: a miséria detesta solidão. Cacau :¬)